Estratégia & Análise
ISSN 0033-1983
Principal

Artigos

Clássicos da Política Latino-Americana

Coluna Além das Quatro Linhas

Coluna de Rádio

Contenido en Castellano

Contos de ringues e punhos

Democracy Now! em Português

Democratização da Comunicação

Fale Conosco

LARI de Análise de Conjuntura Internacional

NIEG

Original Content in English

Pensamento Libertário

Publicações

Publicações em outros idiomas

Quem Somos

Sobre História

Sugestão de Sites

Teoria



Apoiar este Portal

Apoyar este Portal

Support this Website



Site Anterior




Creative Commons License



Busca



RSS

RSS in English

RSS en Castellano

FeedBurner

Receber as atualizações do Estratégia & Análise na sua caixa de correio

Adicionar aos Favoritos

Página Inicial
















































Artigos •
Para jornais, revistas e outras mídias •


Análise da crise política ao calor do momento

viomundo

O ex-deputador federal Eduardo Cunha e o futuro ex-presidente Michel Temer

18 de maio de 2017, Bruno Lima Rocha

Introdução para a “mãe de todos os furos”

Como o país inteiro sabe, às 19.30 no sítio eletrônico do Jornal O Globo, o colunista Lauro Jardim deu a mãe de todos os furos (ver: http://migre.me/wDFem). Imediatamente a emissora líder entrou de plantão, a nota chegou ao Congresso nacional, as duas sessões (Câmara e Senado) foram suspensas e o Planalto chamou uma reunião de emergência, com a presença dos ministros de confiança do presidente Michel Temer e do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Nesta reportagem bombástica, haveria evidência o suficiente para imputar ação criminosa do presidente da República no exercício do cargo, assim como uma compra de “ajuda financeira” para a defesa legal do senador Aécio Neves (PSDB-MG) com lavagem na sequência, através de empresa do também senador tucano e mineiro, Zezé Perrella. 


ler •
• voltar

enviar •



O monstro está solto e a saída domesticada também: uma análise de conjuntura do momento político brasileiro

esquerda_diario

Greve Geral, concentração gigantesca em São Paulo, capital

14 de maio de 2017 – Bruno Lima Rocha

Introdução

Este texto traz duas partes complementares. A primeira apresenta uma rápida análise do país que conseguiu a duras penas realizar a Greve Geral de 28 de abril de 2017, colocando no mundo do trabalho formal a centralidade da luta social brasileira. A segunda parte observa a tensão entre o conflito que vai continuar mesmo após a possível (e até provável) vitória eleitoral de centro-esquerda em 2018 e a tentativa de domesticar a rebeldia brasileira contemporânea. Vamos ao debate, há muito para fazer. 


ler •
• voltar

enviar •



As distintas agendas da política: fim da Nova República e leis regressivas através de um governo ilegítimo

dazibao

O castelo de cartas do governo MT desmorona após a quebra do pacto do presidencialismo de coalizão

Bruno Lima Rocha, 3 de maio de 2017

É possível afirmar que a difusão da denominada lista de Fachin é o início do fim – definitivo da “Nova República” – (para ver lista completa acesse http://migre.me/ww30h). Constatar desconfiança coletiva, 5% de aprovação para o governo do vice golpista e a celeridade na aprovação das leis regressivas nos fazem crer que a longevidade desta administração será curta. Será?

 


ler •
• voltar

enviar •



Ausência de ideologia de câmbio e a base para a guinada à direita

ggn

A guinada à direita da população desorganizada no Brasil

Bruno Lima Rocha, 19 de abril de 2017

É lugar comum ouvir em análises e expressões vindas de todas as camadas da esquerda e da centro-esquerda, algo como “quando este povo vai se levantar indignado”? Além do sentimento de revolta e frustração – totalmente compartilhado por este que escreve – a afirmação também traz elementos de certa condescendência com o governo deposto e algo da perigosa inocência politica. Neste breve texto, tento demonstrar como a categoria ideologia foi desprezada e, por óbvia consequência, a relação com o oligopólio da mídia – em especial com a empresa líder – foi reificada.   


ler •
• voltar

enviar •



A tragédia de Saco e Vanzetti e a greve dos Municipários de Cachoeirinha – lições e fantasmas ressurgindo

fag

Envolvimento massivo na maior greve da história do município

16 de abril de 2017 – Bruno Lima Rocha, Introdução

Em 15 de abril de 1920 houve um assalto a uma fábrica de sapatos no estado de Massachusettes, nos Estados Unidos. A paranoia repressiva estadunidense identificou dois “elementos perigosos” de então.  Fernando Nicola Sacco, sapateiro, e Bartolomeo Vanzetti, vendedor ambulante (vendia peixes), imigrantes italianos e militantes sociais de ideologia anarquista foram considerados culpados. Em julho de 1921 os jurados os consideraram culpados, mesmo sem haver uma prova contundente sequer. No dia 23 de agosto de 1927, Sacco e Vanzetti foram assassinados pelo estado na cadeira elétrica. Durante todo o processo de condenação e apelação jurídica, o mundo industrial e urbano viu o maior movimento de solidariedade internacional até então existente no planeta. Desde então, q uase todos os casos envolvendo militância social de ideologia anarquista e prática libertária tem no fantasma de Sacco e Vanzetti uma tragédia em forma de farsa que se repete e repete. Em menor escala, com outros níveis de agressão sistemática – como a brutal repressão de evacuação da Câmara de Vereadores do município em 30 de março de 2017, perpetrada pela Brigada Militar atendendo a solicitação do presidente da casa, o vereador Marco Barbosa (PSB)- vemos algo semelhante em andamento. 


ler •
• voltar

enviar •





A projeção ideológica da Operação Lava Jato na América Latina »

Elogios internacionais para o Procurador Geral e a Força Tarefa “pró-mercado” »

Luta ideológica, identidades coletivas e anti-imperialismo »

A ex-esquerda caiu por sua derrota ideológica »

Os ataques sofridos em escala internacional pelas empresas líderes da engenharia brasileira: uma análise por esquerda »

Viralatismo e entreguismo midiático e as TVs internacionais »

No rastro da nova-velha direita e o giro reacionário do senso comum brasileiro – 2 »

O atentado de Orlando e as opções presidenciais dos EUA »

Política: manobras do PMDB para evitar prisões e cassações »

Uma crítica por esquerda aos militantes ainda vinculados ao governo deposto – 1 »

Brasil: el objetivo de Washington »

No rastro da nova-velha direita e o giro reacionário do senso comum brasileiro – 1 »

O afastamento da presidente Dilma Rousseff. Uma reflexão crítica pela esquerda »

O golpe no Brasil: duas variáveis externas incidem no ambiente doméstico »

A crise política e possíveis caminhos e descaminhos da democracia brasileira »



ver todos »