Estratégia & Análise
ISSN 0033-1983
Principal

Artigos

Clássicos da Política Latino-Americana

Coluna Além das Quatro Linhas

Coluna de Rádio

Contenido en Castellano

Contos de ringues e punhos

Democracy Now! em Português

Democratização da Comunicação

Fale Conosco

LARI de Análise de Conjuntura Internacional

NIEG

Original Content in English

Pensamento Libertário

Publicações

Publicações em outros idiomas

Quem Somos

Sobre História

Sugestão de Sites

Teoria



Apoiar este Portal

Apoyar este Portal

Support this Website



Site Anterior




Creative Commons License



Busca



RSS

RSS in English

RSS en Castellano

FeedBurner

Receber as atualizações do Estratégia & Análise na sua caixa de correio

Adicionar aos Favoritos

Página Inicial
















































Coluna de Rádio •
Opinião falada sem meias palavras •
Programa Periscópio da Mídia 18 de agosto de 2011


Se futebol já é um prato cheio para debate, a apresentação surpreendente de uma denúncia contra a CBF no Jornal Nacional deu muito pano para manga. Assim como o fato de uma “grande emissora” derrubar o sinal de celulares no horário dos jogos no Pacaembu.

HYPERLINK PARA OUVIR E BAIXAR O PROGRAMA

Anderson Santos

O programa “Periscópio da Mídia – a indústria da comunicação social de cabeça para baixo” desta quinta-feira (18/08) voltou ao tema do futebol, tentando entender o porquê de a Globo denunciar um de seus grandes parceiros, a CBF e seu presidente Ricardo Teixeira. Além desse assunto, foram tratados: derrubada de sinal de celulares por uma TV, a aprovação de lei que abre mercado de TV a cabo para as teles, o papel das rádios comunitárias no conflito chileno e a concessão de rádios e TVs por parlamentares. Ufa!

Os jornalistas Anderson Santos, Bruno Lima Rocha e Eduardo Menezes e o estudante de Jornalismo Dijair Brilhantes iniciaram o programa com duas pautas referentes ao futebol. Primeiro, a matéria de 3 minutos no Jornal Nacional do sábado sobre irregularidades na contratação de um amistoso em Brasília, em 2008. Teixeira afirmou em entrevista recente à piauí que só se preocuparia se algo saísse no JN. Saiu.

Além disso, comentou-se sobre anúncio da Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL) de que uma “grande emissora” estaria utilizando a faixa de frequência de celulares para realizar a transmissão em alta definição nos jogos realizados no Pacaembu. As câmeras teriam bloqueadores de celular.

A seguir, análise da aprovação no Senado de lei que abre mercado brasileiro de TV a cabo para as empresas de telecomunicação, que substitui assim que sancionada pela presidenta Dilma Rousseff, a Lei do Cabo (1995). O ponto positivo foi a aprovação de cota de programação nacional em horário nobre, referente a 3h30 por semana. Como ficará o mercado? Será que meia hora por semana é o suficiente para estimular produção audiovisual nacional?

Alejandro Linares escreveu um texto sobre o papel que estão cumprindo as rádios comunitárias nos protestos chilenos por melhorias, com maior destaque à educação pública. O velho meio radiofônico, mesmo com os problemas de difusão permitidos por lei também lá, tem sido utilizado para informar sobre as manifestações.

Por fim, trazemos de volta o temas da propriedade de meios de comunicação por parte de parlamentares. A fonte é o texto “Regulação deve começar pelas concessões de parlamentares”, de autoria de Luciano Gallas e Valério Cruz Brittos, do Grupo Cepos.

Para ouvir como tentamos dirimir a dúvida sobre os problemas entre Globo e CBF e os demais assuntos debatidos neste programa, basta clicar aqui. O áudio pode ser baixado e retransmitido à vontade.

PROGRAMA

O “Periscópio da Mídia – a indústria da comunicação social de cabeça baixo” é produzido e apresentado pelo Grupo de Pesquisa Cepos, que está vinculado ao PPG em Ciências da Comunicação da Unisinos-RS e é coordenado pelo professor Valério Cruz Brittos. A Capes, o CNPq, a Fundação Ford e a FAPERGS são as entidades que apoiam este projeto - após aprovação em editais.

O programa é transmitido pela Rádio Unisinos FM 103.3 e pelo site www.unisinos.br/radio todas as quintas-feiras às 20h, com retransmissão às 21h do domingo.

O Periscópio também é distribuído por e-mail para ser ouvido e baixado pela Internet, podendo ser retransmitido em rádios comunitárias e livres de todo o Brasil.





« voltar





A "reforma" da Previdência como método de extração de mais valia coletiva e aumento da financeirização no Brasil
2017-12-04 19:16:27

A MP do Pré Sal, o lobby da diplomacia britânica junto ao Ministério das Minas e Energia e ao favorecimento de três empresas estrangeiras
2017-11-28 17:28:55

A estrutura do crime político e do Chaguismo que ainda impera no Estado do Rio
2017-11-21 15:12:58

A convenção estadual do PSDB paulista, a “escanteada” de Dória Jr. e o flerte do mercado com Jair Bolsonaro
2017-11-14 21:47:38

Panorama sobre os ataques do governo aos direitos conquistados
2017-11-14 21:45:57

A Amazon Log 17: manobras conjuntas das forças armadas do Brasil, Colômbia, Peru e o Comando Sul dos EUA
2017-11-10 11:42:29

As revelações dos Paradise Papers e a presença de registros de empresas vinculadas a ministros de Estado
2017-11-08 11:27:28

A votação no plenário da Câmara sobre a votação do plenário da Câmara que derrubou a denúncia contra Temer
2017-10-27 18:17:49

O custo do voto na Câmara Federal
2017-10-27 18:16:23

O fim da nova república e o ato de rasgar direitos constitucionais
2017-10-25 15:24:28