Estratégia & Análise
ISSN 0033-1983
Principal

Artigos

Clássicos da Política Latino-Americana

Coluna Além das Quatro Linhas

Coluna de Rádio

Contenido en Castellano

Contos de ringues e punhos

Democracy Now! em Português

Democratização da Comunicação

Fale Conosco

LARI de Análise de Conjuntura Internacional

NIEG

Original Content in English

Pensamento Libertário

Publicações

Publicações em outros idiomas

Quem Somos

Sobre História, memória e historiografia.

Sugestão de Sites

Teoria



Apoiar este Portal

Apoyar este Portal

Support this Website



Site Anterior




Creative Commons License



Busca



RSS

RSS in English

RSS en Castellano

FeedBurner

Receber as atualizações do Estratégia & Análise na sua caixa de correio

Adicionar aos Favoritos

Página Inicial
















































Coluna de Rádio •
Opinião falada sem meias palavras •
Programa Periscópio da Mídia 06 de outubro de 2011


Apresentação das rádios e TVs que se encontram com outorgas vencidas e um efetivo debate sobre o afastamento de um dos apresentadores do CQC por uma “piada” além de qualquer limite serviram para construir o programa mais polêmico do ano.

Ouça e baixe o programa aqui.

Anderson Santos

Prometemos no programa da semana passada e cumprimos! O programa da Rádio Unisinos 103.3 FM “Periscópio da Mídia – a indústria da comunicação social de cabeça para baixo” leu nesta quinta-feira (06) uma lista com as rádios e TVs comerciais com outorgas vencidas, segundo o problemático site da Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL).

Enquanto o vice-presidente da Associação Gaúcha de Emissoras de Rádio e TV (Agert) pediu mais fiscalização de uma agência que fecha rádios livres e comunitárias mesmo sem autorização judicial, muitas das comerciais continuam no ar mesmo com cinco anos de outorga vencida! Quem são os verdadeiros piratas?

Além da lista, o programa resgatou o áudio de um audiovisual que circulou pela Internet nas últimas semanas. No Troféu Imprensa de 1987, o então humorista Jô Soares fez uma pesada crítica à política da Rede Globo de Televisão, de onde acabava de sair para o SBT, de vetar comerciais feitos por artistas de outras emissoras. Imperdível!

Para finalizar, discutimos e tentamos achar uma explicação para o afastamento de Rafinha Bastos da apresentação do programa CQC, da Band, nesta semana. Um forte debate também foi estabelecido quanto à publicação de textos sobre o assunto no blog “Escreva Lola Escreva”, de Lola Aronovich.

Se se quiser nos ajudar construir o próximo programa, tecer críticas e/ou elogios, entre em contato através do Twitter (@PeriscopioRadio) ou por e-mail (periscopiodamidia@gmail.com).

PROGRAMA

O “Periscópio da Mídia – a indústria da comunicação social de cabeça baixo” é produzido e apresentado pelo Grupo de Pesquisa Cepos, que está vinculado ao PPG em Ciências da Comunicação da Unisinos-RS e é coordenado pelo professor Valério Cruz Brittos. A Capes, o CNPq, a Fundação Ford e a FAPERGS são as entidades que apoiam este projeto - após aprovação em editais.

O programa é transmitido pela Rádio Unisinos FM 103.3 e pelo site www.unisinos.br/radio todas as quintas-feiras às 20h, com retransmissão às 21h do domingo.

O Periscópio também é distribuído por e-mail para ser ouvido e baixado pela Internet, podendo ser retransmitido em rádios comunitárias e livres de todo o Brasil.





« voltar





O cenário político brasileiro
2017-04-26 20:58:05

A Cena política brasileira e as relações promíscuas entre o governo deposto e a mídia
2017-04-26 20:51:56

Primeiros impactos da lista de Janot a partir dos depoimentos da Odebrecht
2017-04-15 13:29:32

Brasil: la denuncia de 98 políticos profesionales nombrados en la lista de la Fiscalía
2017-04-15 13:23:23

Divisão internacional do trabalho
2017-04-03 16:49:06

Viralatismo e eurocentrismo
2017-04-03 16:47:11

A estrutura da corrupção e do poder no Brasil
2017-03-13 17:22:24

La criminalización de las oligarquías políticas brasileñas
2017-03-11 11:50:17

8 de março, dia de luta, uma reflexão solidária
2017-03-08 21:18:10

El depoimento de Marcelo Odebrecht a la Suprema Corte Electoral de Brasil
2017-03-04 16:55:57