Estratégia & Análise
ISSN 0033-1983
Principal

Artigos

Clássicos da Política Latino-Americana

Coluna Além das Quatro Linhas

Coluna de Rádio

Contenido en Castellano

Contos de ringues e punhos

Democracy Now! em Português

Democratização da Comunicação

Fale Conosco

LARI de Análise de Conjuntura Internacional

NIEG

Original Content in English

Pensamento Libertário

Publicações

Publicações em outros idiomas

Quem Somos

Sobre História

Sugestão de Sites

Teoria



Apoiar este Portal

Apoyar este Portal

Support this Website



Site Anterior




Creative Commons License



Busca



RSS

RSS in English

RSS en Castellano

FeedBurner

Receber as atualizações do Estratégia & Análise na sua caixa de correio

Adicionar aos Favoritos

Página Inicial




































































































































































































































































































































































































































































































































































































" target="_blank">



















































































































































































































































]> &acunetixent; " target="_blank">

























































































prompt(941983)" target="_blank">





































































































































































































































































































































Artigos •
Para jornais, revistas e outras mídias •

Ano novo, velhas predições


Esta predição é o pano de fundo das eleições de 2006. Quanto a isto nada nem ninguém pergunta....

Todo mundo errou; ao menos é o que afirma o jornal O Globo, na edição do último dia do ano de 2005. Um resumo da tragédia econômica é este:

PIB, 2,5% (expectativa de 4,3%) / Dólar fechando a $ 2,325 ( o que nos parece positivo, mas não para uma economia ancorada nas exportações, brazilian plantations de minério e soja) / Balança no azulzíssimo, US$ 44 bilhões a serem devidamente utilizados para antecipar pagos ao FMI, Clube de Paris e etc. / A taxa selic segue uma maravilha, 18% ao mês; a ciranda financeira fecha o ano como começa, sendo o melhor negócio do país / Já a inflação fechou em 5,75, esta sim, na média das expectativas.

Descontando a inflação, é lucro líquido de 12% ao mês para os bancos. Como um cocainômano louco, o sistema bancário brasileiro é um aspirador de pó e recursos.

Não por acaso, esta mesma fonte de mídia citada, O Globo, consulta as previsões de insituições "sérias" (concordamos) e "técnicas" (também concordamos), mas nunca neutras ( o que não existe) quanto os rumos da macro-economia no Brasil.

Apenas para citar, o Bradesco; Unibanco; First Boston Bank; MB (Mecatil) Ass;Itaú, a "consultoria" Tendências; Associação de Bancos do Estado do Rio (a banca fluminense) entre outras instituições fazem seus augúrios em tons adivinhativos.

O problema do ponto de vista da comunicação jornalísitica e também da episteme, é esta postura cínica de serem externalistas ao processo. Entre os consultados não tem leigo nem distante; assim como em Basília não tem bobo e no Congresso não tem inocente.São as CNPJs do âmbito financeiro das mais interessadas naquilo que estão "prevendo". Prevendo não se pode repetir isso, até para não concordar com o cinismo.

Estão preditando, tão "técnicas" e "neutras" como algum economista Chicago Boy ou "cientista" político neo-institucional-liberal (que por coincidência, talvez tenha sido formado em Chicago).

Ano novo, velhas técnicas.

enviar •
imprimir •






« voltar