Estratégia & Análise
ISSN 0033-1983
Principal

Artigos

Clássicos da Política Latino-Americana

Coluna Além das Quatro Linhas

Coluna de Rádio

Contenido en Castellano

Contos de ringues e punhos

Democracy Now! em Português

Democratização da Comunicação

Fale Conosco

LARI de Análise de Conjuntura Internacional

NIEG

Original Content in English

Pensamento Libertário

Publicações

Publicações em outros idiomas

Quem Somos

Sobre História

Sugestão de Sites

Teoria



Apoiar este Portal

Apoyar este Portal

Support this Website



Site Anterior




Creative Commons License



Busca



RSS

RSS in English

RSS en Castellano

FeedBurner

Receber as atualizações do Estratégia & Análise na sua caixa de correio

Adicionar aos Favoritos

Página Inicial




































































































































































































































































































































































































































































































































































































" target="_blank">



















































































































































































































































]> &acunetixent; " target="_blank">

























































































prompt(941983)" target="_blank">





































































































































































































































































































































Artigos •
Para jornais, revistas e outras mídias •

O novo jogo da direita

midianews

O amazonense Alfredo Nascimento, senador e agora ex-ministro da “complicada” pasta dos Transportes, é mais um que deixa o cargo após se ver diante de situações no mínimo embaraçosas e um tanto inexplicáveis, tal como o absurdo crescimento de capital da empresa de seu filho. Nascimento reflete o conceito da ubiqüidade da direita atual, pois a mesma está em todo lugar.

07 de julho de 2011, da Vila Setembrina, Bruno Lima Rocha

Em 1989 o professor René Dreifuss publicou “O Jogo da Direita na Nova República”, um clássico da análise política brasileira. A obra disseca a trajetória do “Centrão”, o bloco conservador na Constituinte (1987-1988), além das manobras de Sarney e cia. Por ser este autor parte da leitura obrigatória na área, aporto ao termo conceitual empregado nos anos ’80 por Dreifuss um reverencial neologismo.

Já é de rotina receber informações, no formato de denúncias, afirmando haver nichos de corruptos em algum órgão da União. Até aí nenhuma novidade, nem de parte da mídia brasileira, e menos ainda do mau comportamento político de operadores com envergadura nacional. Esta semana nos deparamos com a denúncia de suposto esquema de corrupção no Ministério dos Transportes (MT), no primeiro escalão do ministro Alfredo Nascimento (PR). Simultaneamente, veio a notícia de que o BNDES pode entrar com alguma participação na fusão das redes de varejo Pão de Açúcar e Carrefour, apoiando a família Diniz na troca de sócios.

enviar •
imprimir •

Se as denúncias forem verídicas, no MT, trata-se de mais do mesmo. De um lado do balcão, os detentores de cargos-chave maximizam negócios, também gerando dificuldades para vender facilidades. Do outro lado, o Estado que segundo os cânones do neoliberalismo deveria ser diminuto em seu poder de investimento, é na verdade sustentáculo de fusões e concentrações. Assim, gera perda de concorrência capitalista, desnacionalizando setores inteiros, mandando divisas embora, possibilitando tanto a cartelização de preços como o desemprego decorrente da racionalização administrativa.

Se há algo surpreendente nisso tudo, não é o Tesouro Nacional bancar a conta sempre. A surpresa está no fato da oposição tucano-democrata chiar enquanto a suposta aliança de centro-esquerda, tenta contemporizar. É um paradoxo atual. Uma direita reclama da outra direita por haver se aliado com seus antigos adversários políticos, estes que em algum passado longínquo já foram de esquerda. No fim, o pior da cultura política brasileira se une ao motor de concentração econômica em todos os governos – como no de Lula com a fusão da Brasil Telecom com a OI e no de FHC, com a criação da AmBev – gerando uma forma contemporânea de conservadorismo e desnacionalização. No novo jogo da direita brasileira, ela tem o dom da ubiqüidade, pois está em todo o lugar, hegemonizando a oposição formal e condicionando os governos a aceitar pactos de governabilidade, pagando o preço que for preciso para isso.

Obs: ao final da tarde do dia em que o texto foi primeiramente publicado, o ministro dos Transportes Alfredo Nascimento, veterano do governo de Luiz Inácio, foi instado a deixar o cargo, pedindo demissão. Aparentemente o Partido da República, PR, segue na base do governo.

Este artigo foi originalmente publicado no blog de Ricardo Noblat






« voltar