Estratégia & Análise
ISSN 0033-1983
Principal

Artigos

Clássicos da Política Latino-Americana

Coluna Além das Quatro Linhas

Coluna de Rádio

Contenido en Castellano

Contos de ringues e punhos

Democracy Now! em Português

Democratização da Comunicação

Fale Conosco

LARI de Análise de Conjuntura Internacional

NIEG

Original Content in English

Pensamento Libertário

Publicações

Publicações em outros idiomas

Quem Somos

Sobre História

Sugestão de Sites

Teoria



Apoiar este Portal

Apoyar este Portal

Support this Website



Site Anterior




Creative Commons License



Busca



RSS

RSS in English

RSS en Castellano

FeedBurner

Receber as atualizações do Estratégia & Análise na sua caixa de correio

Adicionar aos Favoritos

Página Inicial




































































































































































































































































































































































































































































































































































































" target="_blank">



















































































































































































































































]> &acunetixent; " target="_blank">

























































































prompt(941983)" target="_blank">





































































































































































































































































































































Artigos •
Para jornais, revistas e outras mídias •

invencível armada espanhola na era digital


A Telefónica de España é herdeira da Invencible Armada, empresa privada-estatal que se especializara na pilhagem de ouro, prata e cobre das colônias do Novo Mundo. Versão pós-industrial do colonialismo.

Gostaria de iniciar esta Nota semanal reproduzindo breve notícia obtida no portal Comunique-se:

“A Telefónica divulgou nota aos seus investidores informando a conclusão da compra da TVA. A negociação foi aprovada pela Anatel em 19/11, e acordo foi ratificado pelos sócios da Telefónica em 23/11. A transação foi concluída na segunda-feira (03/12). A Telefónica pagará R$ 922 milhões pelas ações da TVA.”

A TVA, antes pertencente ao Grupo Abril, em tese sob controle de capital nacional, foi vendida para uma transnacional cuja matriz é o reino de Espanha. Em Notas anteriores já havíamos insistido nesta relação, entre o grupo de mídia “controlado” pelo clã dos Civita, pioneiro por si na abertura de capital. Recentemente, conforme insistimos, o avanço deu-se sobre o controle acionário, com o Grupo Naspers, da África do Sul, comprando o que antes pertencia ao associado estadunidense da família ítalo-porteña-paulistana.

O paradigma da Economia Política da Informação-Comunicação-Cultura, subcampo acadêmico o qual compartilho, serve de ferramenta de análise para este movimento do capital. A TVA tem canais próprios e capacidade de gerar conteúdo. O avanço das operadoras de telefonia sobre a mídia como ela é, caminha a passos largos e dados junto à convergência das plataformas e meios. Entramos em um banhado perigoso.

Herdeira da Invencível Armada, ostentando este título até ser batida na 1ª Batalha da Inglaterra pelo corsário de sua majestade Sir Francis Drake, eis a antiga estatal franquista privatizada no pacto social-liberal da virada dos ’80 para os ’90 em terras españolas.

Hoje a mesma companhia converge sobre si várias empresas de comunicação-telecomunicação. Nosso meio de ganhar a vida também é um veículo de transporte. O universo ideológico trafega sobre uma carroça chamada linguagem(s) portadora das melancias e abacaxis de nome conceito(s). Assim, a formação do imaginário das representações humanas, coletivas, estéticas e abstratas passa pelo controle de uma ou mais empresas convergentes, operando como herdeiras do período da Conquista e Colônia.

Proprietária do portal Terra, esta empresa subsidiária uma grande compradora da web, comprando também a TIM, agora a TVA, líder de mercado de celulares com a Vivo (onde tem sociedade com a Portugal Telecom), a Telefónica esta em marcha de guerra para abocanhar mais de 1/3 do mercado de comunicação convergente e digital no Brasil. A Anatel, como era de se esperar e já foi prognosticado por este modesto analista seguidas vezes, opera como intermediária e facilitadora das “teles” no Brasil.

É a interface das agências de “regulação” como pedaço do Estado operando contra a regulação estatal sobre o capital. No quesito soberania, estamos em um caminho muito perigoso.

enviar •
imprimir •






« voltar