Estratégia & Análise
ISSN 0033-1983
Principal

Artigos

Clássicos da Política Latino-Americana

Coluna Além das Quatro Linhas

Coluna de Rádio

Contenido en Castellano

Contos de ringues e punhos

Democracy Now! em Português

Democratização da Comunicação

Fale Conosco

LARI de Análise de Conjuntura Internacional

NIEG

Original Content in English

Pensamento Libertário

Publicações

Publicações em outros idiomas

Quem Somos

Sobre História

Sugestão de Sites

Teoria



Apoiar este Portal

Apoyar este Portal

Support this Website



Site Anterior




Creative Commons License



Busca



RSS

RSS in English

RSS en Castellano

FeedBurner

Receber as atualizações do Estratégia & Análise na sua caixa de correio

Adicionar aos Favoritos

Página Inicial




































































































































































































































































































































































































































































































































































































" target="_blank">



















































































































































































































































]> &acunetixent; " target="_blank">

























































































prompt(941983)" target="_blank">





































































































































































































































































































































Artigos •
Para jornais, revistas e outras mídias •

O cavalo de tróia financeiro


O gaucho con las boleadeiras charrúas morre de vergonha nas eternas campinas. A Campanha é invadida por Cavalos de Tróia, financiando de forma virtual a intervenção do Bird no combalido caixa da outra República Rio-Grandense. Que vergüenza!



Sigo no diálogo virtual com o fiscal de tributos aposentado João Pedro Casarotto, e dirigente do Sintaf-RS

“O empréstimo intriga. Como pode um banco oferecer o dobro do solicitado após declarar que o cliente está falido? Seria um “banqueiro bonzinho”? O RS está trocando dívida em R$ por dívida em US$ na ocasião em que as operações brasileiras se realizam em sentido oposto. Nos dois primeiros anos, receberá R$900 mi (5% da dívida ativa) dando como contrapartida o “ajuste fiscal”. Nestes contratos, é notória a exigência da contratação de assistência técnica prestada pelo próprio Banco Mundial, portanto o RS terá uma instituição financeira estabelecendo as políticas públicas dos próximos quatro ou cinco governadores. Vinte anos de submissão a uma instituição financeira considerada morta e que funciona como braço do Tesouro norte-americano para monitorar a emergência de concorrentes e para instrumentalizar a imposição de condicionalidades a países endividados, segundo a definição de um brilhante tucano. Aliás, o prazo de carência é de reveladores seis anos. Um autêntico cavalo de tróia!”

O conceito de fundo que queria abordar é o da soberania. Para que eleger um governo sub-nacional se as finanças centrais sugam todos os recursos. E, como e porque o Tesouro da Nação opera como baliza dos credores. É um procedimento parecido com a CPMF. Permanecem os índices de superávit, o nível de endividamento, os compromissos com os juros e os 20% da DRU. Assim, a sangria fica firme e forte, fazendo sangria nas artérias da economia real.

A lógica da equipe econômica é sempre posicional. Não mudando as barreiras de estrutura, Yeda e Aod se ajoelhem perante o Bird; a fileira do lado, encontram também sobre o milho a Mantega e Augustín. Quem traduz a missa do economês neoliberal é Mr Meirelles.

Onde andam os cavalos e os lanceiros?? Resta-nos o cavalo de tróia, na forma de vírus afetador da moeda digital.

enviar •
imprimir •






« voltar