Estratégia & Análise
ISSN 0033-1983
Principal

Artigos

Clássicos da Política Latino-Americana

Coluna Além das Quatro Linhas

Coluna de Rádio

Contenido en Castellano

Contos de ringues e punhos

Democracy Now! em Português

Democratização da Comunicação

Fale Conosco

LARI de Análise de Conjuntura Internacional

NIEG

Original Content in English

Pensamento Libertário

Publicações

Publicações em outros idiomas

Quem Somos

Sobre História

Sugestão de Sites

Teoria



Apoiar este Portal

Apoyar este Portal

Support this Website



Site Anterior




Creative Commons License



Busca



RSS

RSS in English

RSS en Castellano

FeedBurner

Receber as atualizações do Estratégia & Análise na sua caixa de correio

Adicionar aos Favoritos

Página Inicial




































































































































































































































































































































































































































































































































































































" target="_blank">



















































































































































































































































]> &acunetixent; " target="_blank">

























































































prompt(941983)" target="_blank">





































































































































































































































































































































Artigos •
Para jornais, revistas e outras mídias •

O federalismo de Madison no apoio ao governo Central


O gaúcho Arno Augustin, na dança das cadeiras tornou-se Secretário do Tesouro Nacional sob a batuta do ítalo-paulistano Guido Mantega. De reclamante e mão de ferro, se viu em posição inversa a de Padilha. Confundem-se papéis e trajetórias, atirando a tudo e a todos na composteira das identidades políticas.



As crises provocam debates. Por vezes histéricos, noutras vezes vendo a saída. A famosa luz no fim do túnel; ou como gostam os neoliberais do pago, o fundo do poço pode ser o reinício, quando se começa a subir e não mais a descer. A crise fiscal e das finanças do Rio Grande demonstram o que todos já sabem, mas pouco se manifestam:

“Os políticos profissionais ao sul do Mampituba trocam de função e tornam-se Centralizadores de acordo com suas conveniências!”

O embate entre o atual Secretário do Tesouro Nacional e o ilibado deputado federal pelo MDB de Simon, Eliseu Padilha, reflete a anomia política. Na função de ministro, Padilha disse ter pagado o que devia...em parcelas e sem recibo. Já Arno Augustin, ex-reclamante, agora é sovina com o dinheiro alheio. Yeda, economista de crença neoliberal, via-se como a Thatcher da Província e nem teve a chance a de se provar em uma Pool Tax local. Os nobres deputados estaduais lhe puxaram o tapete, fomentados por dossiês da PF, incentivos empresariais e algo de recalque político.

Interessante quando o passado retorna como fantasma. James Madison, na defesa do Federalismo oligárquico do colégio eleitoral e do ex-traficante de escravos George Washington não se apresenta como solução para o imaginário político gaúcho. Não, a gauderiada necessária vai além de atar os cavalos ao Obelisco. Afinal o monumento agora é digital e se encontra dentro do BC, sob a guarda de Meirelles e cia. Getúlio foi o maior adversário da federação de fazendeiros, a todo o custo. Queimou a tricolor sem dó nem piedade. Abriu o caminho a provar que esta federação de fachada necessita outro pacto.

Hoje, o domínio de enclave se situa entre o litoral fluminense, a Muralha da Serra do Mar e a cloaca insalubre do Planalto. Ou as forças sociais partem pro embate em sério, sem brincar de tentar governar em nome da esquerda para aumentar a hegemonia da direita financeira a cada 4 anos, ou teremos uma federação de frangalhos e um centralismo porteño sem o charme da capital federal às margens do Rio que é mescla de mar.

O choro da nova direita gaúcha esbarra em seus vínculos históricos que são limitadores dos novos vínculos. Yeda, Aod, Ariosto e cia. não tem para quem governar. As papeleiras não vão arrumar confronto com o governo central, financiados generoso de 1 em cada R$ 4,00 aplicados na indústria da celulose. Sistema financeiro local não há, e a maior batalha do sistema F local é sobreviver.

Pacto federativo implica reforma tributária tripartite ou moratória. Neste quesito a fala de Thatcher encontra resposta. Fora disso, “Não há alternativa!”

enviar •
imprimir •






« voltar