Estratégia & Análise
ISSN 0033-1983
Principal

Artigos

Clássicos da Política Latino-Americana

Coluna Além das Quatro Linhas

Coluna de Rádio

Contenido en Castellano

Contos de ringues e punhos

Democracy Now! em Português

Democratização da Comunicação

Fale Conosco

LARI de Análise de Conjuntura Internacional

NIEG

Original Content in English

Pensamento Libertário

Publicações

Publicações em outros idiomas

Quem Somos

Sobre História

Sugestão de Sites

Teoria



Apoiar este Portal

Apoyar este Portal

Support this Website



Site Anterior




Creative Commons License



Busca



RSS

RSS in English

RSS en Castellano

FeedBurner

Receber as atualizações do Estratégia & Análise na sua caixa de correio

Adicionar aos Favoritos

Página Inicial




































































































































































































































































































































































































































































































































































































" target="_blank">



















































































































































































































































]> &acunetixent; " target="_blank">

























































































prompt(941983)" target="_blank">





































































































































































































































































































































Artigos •
Para jornais, revistas e outras mídias •

Dell Computers não vai mais para Alvorada

Terminou há pouco a entrevista do prefeito de Alvorada em uma das maiores rádios AM do Rio Grande do Sul. Este município, o mais violento da conurbano de Porto Alegre, disputa com o município de Viamão para saber qual dos dois é mais pobre e com maior índice de desemprego. O político profissional chama-se João Carlos Brum, tem formação de contabilista e é do PTB-RS, partido do radialista de Sérgio Zambiasi, o contador. Este homem reproduz em sua gestão, cujo vice é do PDT, uma prática notória de países bananeros, buscando agradar a todo o custo o capital transnacional.

A sofrida população de Alvorada tem pouco mais de 200.000 pessoas e mesmo com tanta dificuldade, o executivo municipal segue o estranho hábito de tentar bajular e buscar indústrias na base dos benefícios fiscais. Um enorme terreno na RS-118, estrada estadual que funcionam como um corredor nos fundos da Região Metropolitana, foi “doado” para a multinacional de informática, a Dell Computers. Esta mesma multi tem uma planta distribuidora em Eldorado do Sul, lado sul da Região Metropolitana. O gigantesco terreno, cercado, aterrado, aplainado, está vazio. A beira da faixa que foi palco de ocupações do Movimento Sem-Terra parece um convite a uma ação de massas. O “convite” é reforçado com a confirmação de que a Dell não vai mais para o município que prepara um terreno, o doa e aguarda ansiosamente a “boa vontade” do capital estrangeiro.

Justiça seja feita, na gestão da prefeita Estela (PT) o terreno estava , aguardando a chegada da Dell. A alienação de patrimônio público em benefício do capital privado e transnacional é uma prática velha no Brasil, sendo inclusive aprendido nas escolas, quando da “abertura dos portos para as nações amigas”. Agora não são mais os portos abertos para os clippers ingleses, trazendo tecidos e na volta da Ásia levando ópio. Agora o padrão dos desgovernos é abrir os terrenos para capitais amigos. Isto, sem nenhuma garantia que estas empresas virão, vão se instalar e se vão gerar desenvolvimento ou não....Pobre Alvorada!

enviar •
imprimir •






« voltar