Estratégia & Análise
ISSN 0033-1983
Principal

Artigos

Clássicos da Política Latino-Americana

Coluna Além das Quatro Linhas

Coluna de Rádio

Contenido en Castellano

Contos de ringues e punhos

Democracy Now! em Português

Democratização da Comunicação

Fale Conosco

LARI de Análise de Conjuntura Internacional

NIEG

Original Content in English

Pensamento Libertário

Publicações

Publicações em outros idiomas

Quem Somos

Sobre História

Sugestão de Sites

Teoria



Apoiar este Portal

Apoyar este Portal

Support this Website



Site Anterior




Creative Commons License



Busca



RSS

RSS in English

RSS en Castellano

FeedBurner

Receber as atualizações do Estratégia & Análise na sua caixa de correio

Adicionar aos Favoritos

Página Inicial




































































































































































































































































































































































































































































































































































































" target="_blank">



















































































































































































































































]> &acunetixent; " target="_blank">

























































































prompt(941983)" target="_blank">





































































































































































































































































































































Artigos •
Para jornais, revistas e outras mídias •

A reforma política da cultura pós-chanchada


Ao contrário dos gênios na foto, o caldo de cultura que serve como pano de fundo para a reforma política à toque de caixa de sapateiro não e nada engraçado.



Em algumas situações, o Senado da república torna-se uma comédia de tipo pastelão. Após afirmar esta constatação, revejo o que disse, compreendendo que se trata de arrogância elitista. Sim, porque o cinema brasileiro da era Vera Cruz, da chanchada, de Grande Otelo, Mazzaropi e Oscarito não merecem a comparação. O padrão de comportamento grotesco ficava apenas dentro das telas. Não é o caso da Brasília pós-moderna.

O affaire Renan-Mônica, recheado de personagens de nosso folclore literário – pobre do Monteiro Lobato – nos faz ver que, entre Pedro Bós e Zé Goiabas, estão quase votando uma reforma política! Isto para deleite da sabedoria neo-neo (neoinstitucionalista + neoliberal), vorazes consumidores de artigos importados na forma de conceitos acadêmicos mal engolidos e de péssima digestão. Na 2ª dia 18 de junho, o diálogo entre os advogados, tanto o da ex-musa da Rede Globo DF e o nobre defensor legal do senador Calheiros ofertou-nos o caldo de cultura que fará o melting pot das elites política devidamente reformadas e em listas semi-fechadas.

Não nos surpreende a cegueira da caixa de ressonância de quem defende a reforma política como solução. O problema é crer na própria mentira. Sem uma mudança nos padrões atitudinais (de reflexos e reação imediata) e longitudinal (na escala de valores) da forma nacional de fazer política, teremos uma saída tão chinesa como o arroz “chop suey” criado nas cozinhas da ChinaTown de San Francisco. Vejam que interessante; importamos conceitos neoliberais e tentamos aplicá-los na classe política das arrobas de bois superfaturados.

Se a prescrição implica na cura do problema, caso fosse aplicada por médicos, a “solucionática” neo-neo daria numa pandemia ampla, geral e irrestrita.

enviar •
imprimir •






« voltar