Estratégia & Análise
ISSN 0033-1983
Principal

Artigos

Clássicos da Política Latino-Americana

Coluna Além das Quatro Linhas

Coluna de Rádio

Contenido en Castellano

Contos de ringues e punhos

Democracy Now! em Português

Democratização da Comunicação

Fale Conosco

LARI de Análise de Conjuntura Internacional

NIEG

Original Content in English

Pensamento Libertário

Publicações

Publicações em outros idiomas

Quem Somos

Sobre História

Sugestão de Sites

Teoria



Apoiar este Portal

Apoyar este Portal

Support this Website



Site Anterior




Creative Commons License



Busca



RSS

RSS in English

RSS en Castellano

FeedBurner

Receber as atualizações do Estratégia & Análise na sua caixa de correio

Adicionar aos Favoritos

Página Inicial




































































































































































































































































































































































































































































































































































































" target="_blank">



















































































































































































































































]> &acunetixent; " target="_blank">

























































































prompt(941983)" target="_blank">





































































































































































































































































































































Artigos •
Para jornais, revistas e outras mídias •

A pugna entre militares e os riscos para o projeto bolivariano - 1


Quando ainda eram aliados, os camaradas de armas e então parceiros na política, Chávez e Baduel, ex-comandado e comandante que inverteram seus papéis.

O alemão radicado no México Heinz Dieterich é um dos intelectuais mais comprometidos da América Latina atualmente. Como quase sempre acontece, um dos poucos acadêmicos de origem européia que hoje valem a pena ler, é bem pouco conhecido no Brasil. No que diz respeito à Venezuela, Dieterich está a par das entranhas das disputas internas ao projeto do governo Chávez.

Especificamente, aponta uma análise interessante da crise entre o tenente-coronel e presidente Hugo Frias e seu ex-Ministro de Defesa (até julho do corrente ano), o general Pqd Raúl Isaías Baduel.

Em dois artigos publicados no Portal Rebelión, Dieterich defende e expõe o posicionamento de Baduel pelo voto NO para a Reforma Constitucional que se acerca. Segundo o professor da UNAM, os motivos do homem de confiança do governo dentro das FFAA, resistente ao Golpe de 2002, seriam:

- O escasso vigor no combate à corrupção; o desenvolvimento inflacionário da economia; o uso discricionário dos recursos advindos através da Pdvsa; e a carência de definição institucional para o projeto de socialismo para o século XXI.

Interessante notar como a crítica institucional vem de dentro da umas das instituições que mais deram suporte ao regime e mandato de Chávez. A ausência de institucionalidade é um pesadelo na cabeça de legalistas republicanos e defensores do poder popular.

O que está em jogo na Venezuela supera as expectativas do processo interno do país e arrisca a integração sul-sul da América Latina. Baduel aponta para o centro embora sua declaração tenha incendiado os distintos setores da oposição. Ou Chávez ultrapassa os 60% de votos pelo SÍ, ou terá de convocar novas eleições e obrigatoriamente chamar o seu ex-braço direito de volta.

Entendo que esta seria uma saída pela institucionalidade estatista do processo. No tabuleiro de possibilidades, a polarização da direita oligárquica levaria ao presidente Chávez a rever sua intempestividade. Ou então afundar-se em seu próprio labirinto. Afinal, nunca faltam arrivistas de plantão operando como conselheiros que só repetem a última idéia do supostamente aconselhado.

enviar •
imprimir •






« voltar