Estratégia & Análise
ISSN 0033-1983
Principal

Artigos

Clássicos da Política Latino-Americana

Coluna Além das Quatro Linhas

Coluna de Rádio

Contenido en Castellano

Contos de ringues e punhos

Democracy Now! em Português

Democratização da Comunicação

Fale Conosco

LARI de Análise de Conjuntura Internacional

NIEG

Original Content in English

Pensamento Libertário

Publicações

Publicações em outros idiomas

Quem Somos

Sobre História

Sugestão de Sites

Teoria



Apoiar este Portal

Apoyar este Portal

Support this Website



Site Anterior




Creative Commons License



Busca



RSS

RSS in English

RSS en Castellano

FeedBurner

Receber as atualizações do Estratégia & Análise na sua caixa de correio

Adicionar aos Favoritos

Página Inicial




































































































































































































































































































































































































































































































































































































" target="_blank">



















































































































































































































































]> &acunetixent; " target="_blank">

























































































prompt(941983)" target="_blank">





































































































































































































































































































































Artigos •
Para jornais, revistas e outras mídias •

17 de setembro de 2007 – No.01 – 2ª fase do Boletim – Rio Grande


Correspondendo a 30% do PIB da Província de São Pedro, o isolamento da luta na luta na roça revela os laços bem atados do subsistema político rio-grandense e a oligarquia pendurada em dívidas com o Banco do Brasil e cia.



Análise empírica indutiva do Rio Grande dos Caídos em Porongos:

Traídos foram por quem os Lanceiros de Teixeira Nunes nunca deveriam deitar sua confiança, na memória da Batalla de Salsipuedes del lado de acá de la frontera imaginária, inicio o comentário deste Boletim ainda experimental. Aqui no país sub-tropical - sempre recordando que o paralelo 30 corta a Província de São Pedro onde orgulhosamente fazemos trincheira federal e distributivista - tivemos como fato de maior impacto a abertura de capital do Banco do Estado do Rio Grande do Sul (Banrisul). Mesmo sendo ações preferenciais, portanto sem direito a voto, mas a veto, quem entende de economia – ou seja, de relações de poder e logística sobre a base produtiva e financeira da sociedade contemporânea – sabe que é a porteira por onde a tropa passará. Por isso houve uma ocupação do Plenário do Parlamento Gaúcho, fruto da ira de sindicalistas de várias categorias e com ênfase maior no pessoal do magistério.

Tal fato singular deitou margem para um debate de maior fôlego, a respeito dos limites do protesto social – e a necessidade ou não de reforçar a mão direita do Estado. Na mão esquerda, sovada de tanto apanhar – o Estado se moderniza, a partir do estatuto da representação delegativa e da financeirização da economia. Aod Cunha e Ariosto Culau dão os chasques diários na mídia Caramuru.

Falando em economia e colonização dos saberes, o casal de professores de economia da UFGRS inaugura a era tucana no pago aplicando na raiz o receituário das escolas de Chicago e Virginia cuja sede espiritual é Mont-Pèlerin. Na cabeça da hidra, o ex-operador da Cultura do PT local, que vinculado a Francisco Weffort, atucanou sua capacidade de captar recursos e inverter conceitos. Sim, falamos na promessa de renovação e classe do discurso da direita, o professor de Marketing Político da ULBRA, funcionário da Copesul, hoje è frente da Secretaria de Justiça, Trabalho e Assistência Social, Fernando Schüller. Invertendo conceitos ao bel prazer da diminuição do Estado, Fernando aplica a “rede de capital social” para desafogar de funções o governo do Rio Grande e refinanciar pequenos e médios capitais sempre dispostos a aplicar dinheiro na solidariedade alheia. Óbvio que o investimento tem o módico retorno de isenção fiscal, portanto, retira a capacidade de investimento do próprio Estado.

Setembro é o mês de festas e reflexões. Em Coqueiros do Sul e São Gabriel, o desafio do futuro anunciado se defronta com as forças cada vez mais vivas e sem referência política concreta do pago.

enviar •
imprimir •






« voltar