Estratégia & Análise
ISSN 0033-1983
Principal

Artigos

Clássicos da Política Latino-Americana

Coluna Além das Quatro Linhas

Coluna de Rádio

Contenido en Castellano

Contos de ringues e punhos

Democracy Now! em Português

Democratização da Comunicação

Fale Conosco

LARI de Análise de Conjuntura Internacional

NIEG

Original Content in English

Pensamento Libertário

Publicações

Publicações em outros idiomas

Quem Somos

Sobre História

Sugestão de Sites

Teoria



Apoiar este Portal

Apoyar este Portal

Support this Website



Site Anterior




Creative Commons License



Busca



RSS

RSS in English

RSS en Castellano

FeedBurner

Receber as atualizações do Estratégia & Análise na sua caixa de correio

Adicionar aos Favoritos

Página Inicial




































































































































































































































































































































































































































































































































































































" target="_blank">



















































































































































































































































]> &acunetixent; " target="_blank">

























































































prompt(941983)" target="_blank">





































































































































































































































































































































Artigos •
Para jornais, revistas e outras mídias •

O governo Yeda acuado de novo

wiiki

a última companheira de Marcelo Cavalcante, Magda Koenigkan, pode ser a fonte para abrir a Casa da Dinda dos pampas

13 de maio de 2009, Bruno Lima Rocha, do Rio Grande

O núcleo duro dos tucanos do pago, composto por herdeiros políticos de Nelson Marchezan, continua na berlinda. Dessa vez o drama volta a ganhar repercussão nacional, nas páginas centrais da revista Veja dessa semana (edição de 13 de maio de 2009). Li por obrigação profissional a reportagem de Igor Paulin (págs. 64-66) com o título: “O caixa dois do caixa dois”. O caso é conhecido dos gaúchos e faz parte do drama cotidiano do governo de Yeda Crusius (PSDB). Dessa vez, a bomba parte da viúva de Marcelo Cavalcante, o “ex-embaixador” do Rio Grande que em fevereiro desse ano apareceu boiando no Lago Paranoá. Em essência a matéria de Paulin apresenta o depoimento da viúva e uma parcela de provas de irregularidades de campanha que estariam sob a tutela do Ministério Público Federal (MPF).

enviar •
imprimir •

Logo após a circulação de Veja, na segunda-feira dia 10 de maio, o vereador e advogado Pedro Ruas e a deputada federal Luciana Genro (PSOL-RS) retomaram as denúncias feitas na semana anterior ao carnaval. Agora apresentam elementos novos através de correspondência eletrônica interceptada. Os emails apontam conversas entre o diretor da Braskem Alexandrino Alencar e um presunto intermediário de valores a serem repassados. O segundo email é entre José Paulo Cairoli, presidente da Federasul e o dirigente do PSDB na cidade do Rio Grande, Juarez Molinari. Ambas as correspondências tratam de pedidos de repasse de dinheiro, sendo que o segundo email tem a data posterior ao segundo turno de 2006. Outra vez mais, se estas provas estão sob a guarda do MPF, então estão vazando.

Diante dessa evidência, da suspeita sobre um governo eleito e do vazamento de provas materiais sob segredo de Justiça, porque manter o sigilo sobre algo que está vindo a público de forma indireta? O argumento mais sensato que ouvi foi o do presidente da OAB/RS, o advogado Claudio Lamachia. A tese é simples. Se o MPF é detentor dessas provas, o dano maior causado é a suspeita generalizada, quando muitos acusam, afirmam existirem as provas e as mesmas não se apresentam. Como já não há mais sigilo, o que falta é a comprovação se as denúncias são caluniosas ou não. É lógica pura. Se forem falsas, a trajetória política de gente com trajetória ilibada, como Luciana Genro e Pedro Ruas pode ir para o limbo. Mas sendo verdade, sua gravidade é ainda maior. Isto porque o Rio Grande estaria sendo governado por uma gestão supostamente corrupta e criminosa.

Portanto, defender a sociedade gaúcha neste momento é dirimir esta dúvida.






« voltar