Estratégia & Análise
ISSN 0033-1983
Principal

Artigos

Clássicos da Política Latino-Americana

Coluna Além das Quatro Linhas

Coluna de Rádio

Contenido en Castellano

Contos de ringues e punhos

Democracy Now! em Português

Democratização da Comunicação

Fale Conosco

LARI de Análise de Conjuntura Internacional

NIEG

Original Content in English

Pensamento Libertário

Publicações

Publicações em outros idiomas

Quem Somos

Sobre História

Sugestão de Sites

Teoria



Apoiar este Portal

Apoyar este Portal

Support this Website



Site Anterior




Creative Commons License



Busca



RSS

RSS in English

RSS en Castellano

FeedBurner

Receber as atualizações do Estratégia & Análise na sua caixa de correio

Adicionar aos Favoritos

Página Inicial




































































































































































































































































































































































































































































































































































































" target="_blank">



















































































































































































































































]> &acunetixent; " target="_blank">

























































































prompt(941983)" target="_blank">





































































































































































































































































































































Artigos •
Para jornais, revistas e outras mídias •

O haiti, definitivamente, é aqui


A tropa de Caxias, lembra-se de Floriano Peixoto e toma a cidade. O Haiti já é aqui, e em alguns lugares do país, já é e há muito tempo.

OExército de Caxias e Médici faz acordo com traficantes para reaver seus fuzis roubados e permitir que continue o movimento de drogas nos morros ocupados. Enquanto isso, a Rede Globo, sua grande aliada,nos impressiona.

Ao transmitir o documentário produzido por MV Bill e sua equipe, o jovem que conheci em 1992 como um dos cantores do grupo de rap Geração Futuro, promovendo o 1o e 2o CDD (festival de hip hop da Cidade de Deus) passa a categoria de estrela nacional. O documentário, se peca por algo, não é necessariamente nas imagens, mas sim na conclusão que a Globo expõs. Bill, ao mesmo tempo que chama a atenção, garante seu espaço e não confronta a emissora.

Mas, as imagens estão dadas, não precisa de muita teoria para compreender que há uma outra sociedade, convivendo em regras distintas e negociando o trânsito entre dois mundos todos os dias. O que varia, segudo cada região metropolitana, e o modo e intensidade que esta forma de vida se desenvolve. Mas, isto é uma realidade grassante. Detalhe, tudo ocorre igual ou pior, há pelo menos 20 anos, no caso específico do Rio de Janeiro.

Ano que vem completam duas décadas da Guerra do Dona Marta, bairro de Botafogo, zona sul do Rio. Zaca enfrentou a Cabeludo, o 3o. Comando combateu o CV e venceu provisoriamente com apoio de ex-policiais. Depois, foi derrotado e saiu do morro. Histórias como estas já são sem fim e parece que pouco ou nada importam.

O aumento das necessidades básicas e a permanência das estruturas clientelísticas fazem do eleitor um cliente em potencial, e um tipo que vai remunerar o investidor que fornecer sua necessidade. Neste caso, necessidade mesmo. Mas, por mais que renda em voto e cabresto, é simplesmente impossível manter uma sociedade onde partes consideráveis dela vivem e sobrevivem de economias predadoras da capacidade criativa dela mesma.

Sim, estamos falando do narcotráfico, mas também da jogatina na folia do sistema financeiro. Aqui, como no Haiti, um não existe sem o outro.

enviar •
imprimir •






« voltar