Estratégia & Análise
ISSN 0033-1983
Principal

Artigos

Clássicos da Política Latino-Americana

Coluna Além das Quatro Linhas

Coluna de Rádio

Contenido en Castellano

Contos de ringues e punhos

Democracy Now! em Português

Democratização da Comunicação

Fale Conosco

LARI de Análise de Conjuntura Internacional

NIEG

Original Content in English

Pensamento Libertário

Publicações

Publicações em outros idiomas

Quem Somos

Sobre História

Sugestão de Sites

Teoria



Apoiar este Portal

Apoyar este Portal

Support this Website



Site Anterior




Creative Commons License



Busca



RSS

RSS in English

RSS en Castellano

FeedBurner

Receber as atualizações do Estratégia & Análise na sua caixa de correio

Adicionar aos Favoritos

Página Inicial




































































































































































































































































































































































































































































































































































































" target="_blank">



















































































































































































































































]> &acunetixent; " target="_blank">

























































































prompt(941983)" target="_blank">





































































































































































































































































































































Artigos •
Para jornais, revistas e outras mídias •

A comunicação na berlinda – isto é que é “EMPIRIA DOS JOGOS”


K. Rupert Murdoch, sócio da família Marinho na Tv por assinatura, Cidadão Kane do mundo



O país vive um momento delicado e inglório no que diz respeito ao sistema de comunicações. Impossível de se pensar em democracia atual sem a presença da mídia; portanto, sem mídia democrática não há democracia viável. Em nenhum nível. Vive-se uma rodada de um jogo bem complicado, onde estão na berlinda algumas questões:

- a TV digital, e provável assinatura por Lula do padrão japonês. Isto caracteriza a aliança do governo com a Rede Globo, não importando as justificativas, se por estarmos em um ano eleitoral ou não. O fato é, o governo atual não implementou nenhuma mudança significativa dentro do mercado e no modelo de negócios e difusão brasileiros.

- somado à TV digital, está a disputa pela geração de conteúdo; neste ponto entram as empresas de telefonia móvel, que assim como os mega-portais da web, são controlados por transnacionais. Ao demarcar uma barreira branda, o Congresso abriu a porteira e a boiada está quase estourando.

- o mesmo se trata na fusão da DirecTV com a Sky. Além de representar a multinacionalização da TV a cabo, de costas para o continente, e portanto, afastando-se mais do que se acercando dos países vizinhos, também reproduz a fusão do capital da Globo com a News Corp. O dinheiro e os fundos não provêm mais da Time Life, mas de outra parceria. Não bastasse a falência do consórcio NEC, a falência fraudulenta do Banco Roma, as dívidas da Net Cabo, o Proer da mídia e outros financiamentos mais. Isto vai representar 95% do mercado de TV por assinatura nacional! Concentração pouca é bobagem.

- para concluir o pacote de problemas, temos todo o universo do rádio no Brasil, a comunicação comunitária - a qual explicitamente estamos a favor e participamos – as rádios “picaretárias” e a nova pirataria digital. O decreto lei fundador do SBTVD, não foi acompanhado do Sistema Brasileiro de Rádio Digital. Vindo a ser aprovado o padrão IBOC, como é vontade tácita das grandes emissoras e com a anuência do governo da União, o espectro será ocupado por poucas mega-emissoras, difundindo em rede nacional. Perdem espaço as pequenas e médias emissoras do interior e todas as comunitárias.

Considerando o papel do financiamento do Estado dos mega-conglomerados brasileiros e transnacionais, é duro de entender como se pode esperar do Poder Estatal um procedimento distinto daquele que cumpre?! Na outra ponta, além de intelectuais, artistas, cientistas e outros militantes político-técnicos, tem-se um movimento de massa com massa desorganizada. Trata-se das mais de 5000 emissoras comunitárias, com distintos graus de legalização, repressão e nível político. Se a democracia brasileira precisa ser reinventada, a “eureka” passa por pequenos transmissores de 25 W e telecentros em pequenas cidades ou áreas periféricas.

Como dizia o filósofo do Vale do Paraíba: “jogo é jogado e lambari é pescado”; ainda corre água nesta piracema de monstros-híbridos!

Obs: no sítio newscorp.com pode ser observado o organograma da controladora da Fox onde já constam a Sky e a DirecTV.

enviar •
imprimir •






« voltar